DIETA CETOGÊNICA É UMA BOA ESTRATÉGIA?


dieta cetogênica

A dieta cetogênica propõe reduzir bruscamente a quantidade de carboidratos consumidos e aumentar consideravelmente o consumo de gorduras e elevar um pouco a ingestão de proteínas. Estas mudanças são realizadas com o objetivo de perda de peso. A dieta cetogênica, que simula no organismo um estado de jejum, funciona colocando o corpo para gerar energia por meio da gordura, em vez de usar carboidratos. De modo genérico, consiste em eliminar todos os alimentos ricos em carboidratos, como pães e arroz, e aumentar o consumo de proteínas e gorduras.


Essa dieta existe desde a década de 1920, quando foi desenvolvida nos Estados Unidos para ser empregada no tratamento da epilepsia refratária em crianças, ou seja, nos casos de difícil tratamento da doença, a fim de diminuir a ocorrência de convulsões. Entretanto, caiu em desuso com a descoberta de novos fármacos anticonvulsivantes nos anos 1940.


Na dieta cetogênica, os lipídios são metabolizados pelo fígado e sua oxidação gera os corpos cetônicos, que devido à falta de carboidratos são utilizados pelo organismo como fonte de energia. Como há excesso de lipídios, ocorre um aumento na produção dos corpos cetônicos e, consequentemente, cetose. Esses corpos cetônicos passam a ser o principal “alimento” do cérebro, em vez da glicose, contribuindo para o tratamento das crises de epilepsia.