Os 3 benefícios de consumir queijo!


O queijo é uma ótima fonte de proteína e cálcio e bactérias que ajuda a regular o intestino. Para quem possui intolerância a lactose e gosta de queijo, optar por queijos mais amarelos e envelhecidos como o parmesão é uma solução porque possui muito pouca lactose e pode ser uma ótima fonte de cálcio especialmente.


Os queijos são ricos em diversos nutrientes interessantes para a saúde. Eles são ótimas fontes e cálcio, importante para a manutenção de ossos e dentes, proteínas, necessárias para o desenvolvimento do organismo, e em vitaminas A, importante para a visão, e B12, imprescindível para a função neurológica normal.


Para fazer queijo é necessário coalhar o leite, um processo no qual a parte sólida, constituída por gorduras e proteínas, é separada dos líquidos. Dependendo do tipo de coalho e do tempo de envelhecimento, é possível ter queijos mais moles, como o cottage e a ricota, ou mais duros, como o cheddar, parmesão ou azul, por exemplo.


O alimento é tão interessante que a Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (ABIQ) recomenda que os adultos ingiram três porções de lácteos de 50 gramas cada por dia e que crianças consumam três porções de 30 gramas cada diariamente. Contudo, alguns tipos de queijos possuem altas concentrações de gorduras saturadas, cujo excesso pode levar a doença vascular que a longo prazo há o risco de comprometer o coração, os rins e o cérebro, e sódio, que pode causar o aumento da pressão arterial.


Por isso, listamos treze tipos de queijos que estão entre os mais populares, apontamos seus benefícios e problemas nutricionais e sugerimos a maneira mais saudável de incluir este alimento na dieta. Saiba mais sobre a muçarela, queijo prato, minas frescal, parmesão, cottage, ricota, cheddar, requeijão, entre outros.


No entanto, todas as variedades de queijo possuem excelentes benefícios porque contêm os mesmos nutrientes do leite e do iogurte, como cálcio, proteínas ou vitamina B12. Porém, dependendo do queijo, as quantidades podem variar.

Além disso, o queijo também é fonte de probióticos, que são bactérias boas que ajudam a regular a flora intestinal, combatendo problemas como a prisão de ventre, excesso de gases ou diarreia.

1. Fortalece os ossos e dentes

Fazer uma dieta com a quantidade correta de cálcio ajuda a manter os ossos saudáveis e fortes, evitando problemas como a osteoporose. Como todos os produtos derivados do leite, o queijo possui bastante cálcio e por ajuda nessa função.


Porém, o queijo é mais adequado que os outros derivados pois possui uma mistura de proteínas e vitaminas B que facilitam a absorção do cálcio no organismo.

Quanto aos dentes, além de ser rico em cálcio, o queijo também protege contra a erosão de ácidos presentes em alimentos como o chá, café, vinho ou refrigerantes.

2. Reduz o colesterol ruim

A ingestão de queijo ajuda a regular o funcionamento do intestino e fornece butirato essencial para o funcionamento das células intestinais. Quando o intestino se encontra saudável, também é capaz de produzir mais butirato e, quantidades elevadas dessa substância, ajudam a diminuir os níveis elevados de colesterol ruim.

Assim, ao reduzir os níveis de colesterol, o queijo também é uma ótima forma de proteger o coração e todo o sistema cardiovascular de complicações graves como pressão alta, insuficiência cardíaca ou infarto.

3. Regula o trânsito intestinal

Da mesma forma que o iogurte, o queijo também possui um elevado teor de probióticos que ajudam a equilibrar a flora intestinal, evitando o surgimento de problemas como prisão de ventre ou diarreia.

Dessa forma, este é um alimento que ajuda a aliviar o desconforto de algumas doenças intestinais como colite, síndrome do intestino irritável ou doença de Crohn.

Tipos de queijo:


Parmesão: rico em cálcio


O parmesão é o queijo que possui a maior quantidade de cálcio. 50 g do alimento, valor diário recomendado, conta com 59% da necessidade do nutriente em um dia. "A função principal do cálcio no organismo é a construção e manutenção da estrutura dos ossos e dentes. Seu consumo é fundamental para a saúde óssea", explica a nutricionista Bruna Quintanilha, da fabricante de queijos Tirolez.


Além disso, uma pequena quantidade do nutriente atua na contração muscular, inclusive cardíaca e vascular, na transmissão do impulso nervoso e secreção glandular. "Estudos observacionais cada vez mais numerosos passaram a detectar associação entre o baixo consumo de cálcio e o aumento da massa gorda. Acredita-se que o benefício envolva mecanismo celulares nos adipócitos, além de uma ação intestinal", diz Quintanilha.

O parmesão ainda é o queijo que conta com a maior concentração de proteínas, 50 gramas do alimento possuem 35% das necessidades diárias do nutriente.


Atenção: Infelizmente, ele também é o que conta com os maiores valores de sódio, 33% da necessidade diária em 50 gramas do queijo. Esta substância em excesso pode levar ao aumento da pressão arterial. Além disso, a mesma quantidade possui 37% da quantidade máxima de gorduras saturadas recomendadas por dia.


Combine com: A Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (ABIQ) recomenda que os adultos ingiram três porções de lácteos de 50 gramas cada por dia. Por isso, se quiser comer uma fatia de parmesão, é recomendado que também ingira uma porção de ricota no mesmo dia, pois ela possui pouco sódio e gorduras saturadas.


Confira os principais nutrientes do parmesão em 50 gramas:

-Calorias: 196 calorias

-Gorduras totais: 13 g

-Gorduras saturadas: 8.2 g

-Gorduras monoinsaturadas: 3.75g

-Gorduras poli-insaturadas: 0.28 g

-Proteína: 17.9 g

-Cálcio: 592 mg

-Sódio: 688 mg

-Vitamina B12: 0.6 mcg

-Vitamina B 6: 0.04 mg

-Vitamina A: 103 mcg


Suíço: rico em proteínas


O queijo suíço é muito interessante para a saúde. O alimento é rico em cálcio, 50 gramas, valor recomendado por dia, possuem 39% das necessidades diárias do nutriente, e em proteínas, conta com 26% das necessidades diárias.


As proteínas dos queijos possuem alto valor biológico e digestibilidade. "Em outras palavras, a proteína do queijo é absorvida quase integralmente na altura do intestino e fornece ao organismo os aminoácidos necessário para o seu desenvolvimento", explica a nutricionista Flora Lys Spolidoro, consultora da Associação Brasileira das Indústrias de Queijo (ABIQ).


O queijo suíço ainda é o que possui maior quantidade de vitamina B12. Este alimento ainda é o queijo que conta com a menor quantidade de sódio.


Atenção: Apesar de tantos benefícios, o queijo suíço possui muitas gorduras saturadas, 50 gramas do alimento contam com 40% das necessidades diárias da substância.


Combine com: Ao longo do dia é interessante consumir uma porção de suíço e também uma do cottage, queijo com a menor quantidade de gorduras saturadas.


Confira os nutrientes principais nutrientes em 50 gramas do queijo suíço:

-Calorias: 190 calorias

-Gorduras totais: 13.9 g

-Gorduras saturadas: 8.8g

-Gorduras monoinsaturadas: 3.6 g

-Gorduras poli-insaturadas: 0.46 g

-Proteína: 13.46 g

-Cálcio: 395 mg

-Sódio: 35 mg

-Vitamina B12: 1.6 mcg

-Vitamina B 6: 0.041 mg

-Vitamina A: 110 mcg


Muçarela: rico em vitamina B12


Um dos motivos que tornam a muçarela uma boa opção é que ela possui alta concentração de vitamina B12. "O nutriente é importante porque participa como coenzima no metabolismo de ácidos graxos e aminoácidos e também é imprescindível para a formação do sangue e a função neurológica normal", observa Quintanilha.

Além disso, 50 gramas do alimento contam com 25% das necessidades diárias de cálcio e 22% da quantidade recomendada por dia de proteínas.


Você gosta de consumir este queijo derretido? Então, pode ingeri-lo sem medo. "Não há diferenças nutricionais entre o consumo de queijo in natura ou derretido. Atenção apenas para aqueles com acréscimo de probióticos que não devem ser aquecidos, pois isso ocasiona morte aos micro-organismos adicionados", explica Quintanilha.


Atenção: A muçarela conta com bastante sódio, 50 gramas possuem 15.6% das necessidades diárias do nutriente. A mesma quantidade também possui 29.6% do valor recomendado de gorduras saturadas por dia.


Combine com: Pode ser interessante ingerir ao longo do dia uma fatia de muçarela, uma de queijo suíço, que conta com pouco sódio, e outra de ricota, que possui pouca gordura saturada.


Confira os principais nutrientes em 50 gramas de queijo muçarela

-Calorias: 150 calorias

-Gorduras totais: 11g

-Gorduras saturadas: 6.56 g

-Gorduras monoinsaturadas: 3.2 g

-Gorduras poli-insaturadas: 0.38 g

-Proteína: 11 g

-Cálcio: 252mg

-Sódio: 313 mg

-Vitamina B12: 1.14 mcg

-Vitamina B 6: 0.0183 mg

-Vitamina A: 89 mcg

-Vitamina B2: 0.14 mg

-Fósforo: 177 mg


Cottage: o queijo aliado da dieta


O queijo cottage é o que conta com menores quantidades de calorias e gorduras. 50 gramas, valor recomendado do alimento por dia, conta com apenas 3.9% das necessidades diárias de gorduras, e 3.8% das quantidades necessárias por dia de saturadas. Por isso, ele é muito recomendado para pessoas que estão de dieta ou desejam manter o peso. Este benefício ocorre porque o alimento é elaborado com menos quantidade de leite.


Atenção: Por conter menos quantidade de leite, o cottage é o queijo que possui menos cálcio, somente 4% das necessidades diárias, e proteínas, apenas 11% dos valores recomendados por dia. O cottage ainda conta com 9% das necessidades diárias de sódio.


Combine com: Ao longo do dia, além do cottage é interessante consumir também o queijo suíço, que possui boas quantidades de cálcio e proteínas, mas pouco sódio.


Confira os principais nutrientes de 50 gramas de queijo cottage

-Calorias: 49 calorias

-Gorduras totais: 2.15g

-Gorduras saturadas: 0.85 g

-Gorduras monoinsaturadas: 0.38 g

-Gorduras poli-insaturadas: 0.06g

-Proteína: 5.56 g

-Cálcio: 41,3 mg

-Sódio: 186 mg

-Vitamina B12: 0.21 mcg

-Vitamina B 6: 0.023 mg

-Vitamina A: 18 mcg

-Vitamina B2: 0.081 mg

-Fósforo: 79.3 mg

Quantidade necessária de queijo

Para obter todos os benefícios do queijo a dose recomendada é de 20 a 25 gramas por dia, o que equivale a 1 ou 2 fatias de queijo.

Dependendo de cada objetivo, o tipo de queijo deve ser adaptado, especialmente no que se refere à quantidade de gordura, lembrando que os queijos mais amarelos geralmente são os que possuem maior teor de gordura e calorias.

Posts Em Destaque
Posts Recentes