OS BENEFÍCIOS DA NOZES PARA SAÚDE.


As nozes são da mesma família que a avelã e as castanhas, portanto, são oleaginosas e também servem como um petisco delicioso. Ricas em vitaminas e minerais, além de ômega-3 e ômega-6, as nozes contém, com certeza, diversos benefícios à saúde. Principalmente, são fontes de boas gorduras. Não só, são ricas em vitaminas (C e E, especialmente) e minerais (manganês, zinco e potássio, por exemplo).


Tradicional nas festas de final de ano, as nozes fazem parte de uma seleta lista de petiscos que conseguem agradar o paladar de qualquer um. Integrante do grupo das oleaginosas, elas são donas de um sabor extremamente agradável e acrescentam nutrientes importantes para o organismo. Entenda a importância desse pequeno, mas poderoso, alimento para uma alimentação equilibrada e veja quantos benefícios ele pode nos proporcionar.


Da mesma família das castanhas e avelãs, as nozes possuem uma casca rígida. Em relação a sua composição nutricional, apesar de ser um pouco calórica (por isso a necessidade de moderação ao seu consumo), elas possuem proteínas, minerais, vitaminas, gorduras saudáveis e fibras que agem em prol do bom funcionamento do organismo, tornando-o saudável. Segundo a nutricionista Carolina Baliere, o consumo regular das nozes pode melhorar o nosso bem-estar.


Encontramos as nozes em todo ano, mas é tradicional consumir no Natal, assim como frutas desidratadas. Essas oleaginosas ajudam na saúde intestinal, na prevenção do câncer de próstata e câncer de mama, além de auxiliarem na prevenção das doenças cardiovasculares. Elas também beneficiam o processo de emagrecimento saudável e favorecem o ganho de massa muscular.


Benefícios das nozes: como funcionou a pesquisa:


Pesquisadores analisaram 42 participantes que estavam acima do peso ou obesos e tinham entre 30 e 65 anos. Antes do início do estudo, todos foram submetidos a uma dieta que espelhava uma dieta americana média (onde 12% das calorias diárias provinham de gordura saturada) durante duas semanas.


Em seguida, todos mudaram para dietas com menos gordura saturada (onde 7% das calorias diárias vieram de gordura saturada) e incorporaram nozes em seus lanches. Depois de comer dois punhados de nozes diariamente por seis semanas no lugar de lanches como batatas fritas ou bolachas, tiveram uma baixa nos níveis de colesterol e de bactérias intestinais que aumentam o risco de doenças cardíacas.


Possíveis causas dos resultados:


“Isso aconteceu porque provavelmente comer nozes inteiras todos os dias reduz os níveis de colesterol e a pressão arterial”, afirmam os autores do artigo Penny Kris-Etherton e Kristina Petersen, ambas da Penn State University. E pesquisas anteriores publicadas no Journal of the American Heart Association também descobriram que adicionar nozes à dieta de uma pessoa pode ajudar a baixar a pressão arterial. Especialmente quando elas estão substituindo alimentos ricos em gordura saturada.


Mas o que tem a ver a saúde intestinal com doenças cardíacas? A oleaginosa analisada aqui contém fibras, o que afeta positivamente as bactérias do intestino. Além disso, gorduras insaturadas, como ômega-3, podem contribuir para microbiotas favoráveis do órgão. Isso também ajuda a reduzir a pressão arterial, levando a um menor risco de doenças cardíacas.


No geral, trocar lanches não saudáveis ​​por uma porção de nozes (ou qualquer outra nut) é uma mudança relativamente pequena que trará grandes benefícios à saúde. E é mais fácil do que fazer uma dieta radical ou aumentar demais os treinos.


Nozes ajuda a diminuir o colesterol:


Uma das grandes vantagens desse alimento é a presença das fibras solúveis e do ácido-graxo ômega 3 e 6 em sua composição que ajudam a reduzir os níveis do colesterol ruim, o LDL, e aumentar o colesterol bom, HDL. O seu consumo em uma dieta saudável pode ajudar nesse equilíbrio, prevenindo as doenças cardiovasculares, auxiliando na produção dos glóbulos vermelhos, evitando o entupimento das artérias, favorecendo uma boa circulação sanguínea e beneficiando a saúde do coração.

Outro destaque para o ômega 3 se dá pelo seu combate ao estresse, ou seja, essa substância também é responsável por amenizar os efeitos do estresse no dia a dia, aliviando a fadiga e o cansaço, fornecendo energia para as atividades que são propostas diariamente.


Qual é a melhor maneira para consumir as nozes no dia a dia?


Fonte de importantes nutrientes, as nozes podem completar o seu quadro nutricional acrescentando uma boa dose de proteínas necessárias para o seu bem-estar e o desenvolvimento saudável do nosso organismo. Elas podem ser acrescidas em preparações de bolos, tortas, saladas, arroz, biscoitos e consumidas em sua forma natural. Carolina Baliere destaca que elas podem ser incluídas em uma alimentação saudável em diversos momentos do dia:


"Para consumir no dia a dia, pode incluir em lanches intermediários ou até mesmo como um pós treino, já que a oleaginosa ajuda no ganho de massa muscular. Devemos consumir em média 7 unidades de nozes", ressalta a nutricionista.


Atenção ao consumo: Por ser um alimento calórico (cerca de 600 calorias em apenas 100g de alimento), antes de incluir as nozes em um plano alimentar regular, é de suma importância uma consulta com um nutricionista, para que a oleaginosa seja acrescida de maneira correta, sem prejudicar a sua alimentação.

Posts Em Destaque