OS BENEFÍCIOS DO MARACUJÁ.


Um dos principais benefícios do maracujá é o fato de ele ser rico em substâncias antioxidantes, que impedem a atuação dos radicais livres, combatendo o envelhecimento e a degeneração celular e também evitam o surgimento de tumores. O maracujá é rico em vitamina C, que fortalece o sistema imunológico e auxilia no funcionamento do corpo como todo.


O maracujá apresenta benefícios que ajudam no tratamento de diversas doenças, como ansiedade, depressão ou hiperatividade, e no tratamento de problemas de sono, nervosismo, agitação, pressão alta ou inquietação, por exemplo. Este pode ser usado na formulação de remédios caseiros, chás ou tinturas, e podem ser usadas as folhas, flores ou o fruto do maracujá.


O maracujá não é muito conhecido pelos seus poderes emagrecedores, mas isso não quer dizer que eles não existam. A substância responsável é a pectina, que no estômago se transforma numa espécie de gel não digerível e provoca sensação de saciedade, fazendo a pessoa comer menos.


A pectina é facilmente encontrada em alta concentração na casca do maracujá. Essa substância carrega as gorduras e a glicose presente nos alimentos, eliminando-as pelas fezes. Quanto à glicose, a pectina consegue reduzir a velocidade com que o açúcar entra na corrente sanguínea, e quanto mais lento for esse processo, a fome irá demorar um pouco mais para aparecer.


A farinha  dessa fruta é também muito eficiente na eliminação das toxinas acumuladas no organismo: estas prejudicam o funcionamento dos órgãos, desequilibrando o metabolismo — algo que dificulta mais ainda o processo de emagrecimento. Para facilitar essa ação “emagrecedora”, é importante beber no mínimo dois litros de água por dia, pois a farinha é riquíssima em fibras que pedem hidratação constante.


Além disso, também pode ser usado para emagrecer e no combate ao envelhecimento, pois está repleto de antioxidantes como as vitaminas A e C, e apresenta propriedades diuréticas. O maracujá é o fruto da planta medicinal cientificamente conhecida como Passiflora, uma trepadeira que é popularmente conhecida como flor da paixão.


Alguns estudos indicaram que a casca do maracujá diminui os picos de insulina, promovendo a prevenção e o controle da diabetes, por exemplo. Além disso, ajuda a regular os níveis de glicose e colesterol no sangue, além de favorecer o bom funcionamento do intestino, já que é rico em fibras. A maior quantidade de propriedades calmantes encontram-se na folha da Passiflora, no entanto o seu consumo puro não é recomendado devido ao seu potencial tóxico, sendo recomendada que seja utilizada para fazer chás ou infusões, por exemplo.


O maracujá também é fonte de vitamina A? Essa substância é conhecida por auxiliar na saúde dos olhos, pois protege a córnea e evita problemas relacionados à visão. A deficiência dessa vitamina pode ocasionar a cegueira noturna, que consiste na dificuldade de enxergar em ambientes escuros. Mas além disso, a vitamina A também atua como importante antioxidante, é importante para a saúde dos ossos e do sistema nervoso.


Outro ponto positivo do maracujá é que ele é uma fonte importante de fibras, que auxiliam no processo de digestão. As fibras solúveis, em especial, são as mais encontradas na fruta. Elas conseguem se misturar à água, formando um gel viscoso e mais volumoso no estômago. Por isso, elas prolongam a sensação de saciedade e são ótimas para quem precisa perder peso. As fibras também ajudam a reduzir o colesterol ruim e contribuem para o funcionamento do sistema digestório.


Ao contrário do que muita gente pensa, as sementes de maracujá não são maléficas ao organismo. Na verdade, elas são fontes importantes de antioxidantes - em especial, o piceatannol, um composto químico que atua como antioxidante, prevenindo o câncer e doenças degenerativas. Além disso, as sementes dessa fruta também são ricas em fibras - que, como já citamos, auxiliam no processo de digestão.


Para quem sofre com problemas de pressão, o maracujá também pode ser um grande aliado. Ele é fonte do mineral potássio, que se destaca por auxiliar no processo de contração muscular e, sendo assim, também ajuda a manter o ritmo de circulação sanguínea. Por isso, o maracujá é considerado um ótimo alimento para a saúde do coração.


Devido à sua ação no sistema nervoso e propriedade calmante, o efeito colateral mais comum do maracujá é a sonolência, principalmente se for ingerido em excesso. Como o maracujá pode baixar a pressão arterial, o consumo desse fruto é contraindicado para pessoas com pressão baixa, a não ser que seja liberado pelo médico, sendo consumido conforme suas orientações.

Posts Em Destaque